Consulta de Conteúdo

  • DESTAQUES E EVENTOS

 Consulta de Conteúdo

 Consulta de Conteúdo

  • DESTAQUES E EVENTOS

 Consulta de Conteúdo

  • 08 FEV 2018 | 09:35
    CMC REALIZOU VI ENCONTRO ANUAL DE QUADROS

    ​A Comissão do Mercado de Capitais (CMC) realizou de 31 de Janeiro a 2 de Fevereiro de 2018 o seu VI Encontro Anual de Quadros, no Resort Moringa, situado na Província de Luanda.

    O evento que teve como tema central "As Privatizações em Bolsa e o Papel dos Agentes de Supervisão", teve como objectivo a realização do balanço das actividades da CMC em 2017, bem como a projecção das acções a serem concretizadas em 2018 no âmbito da dinamização do Mercado de Capitais em Angola e gerar um debate inclusivo em volta destas acções, com destaque para o processo de privatizações de empresas públicas por via da Bolsa de Valores conforme indicado no Plano Intercalar do Governo (Outubro 2017 - Março 2018).

    Durante os três dias de trabalho os quadros da CMC discutiram temas que visam tornar o Mercado de Capitais num complemento sustentável de financiamento da economia angolana, contribuindo assim para a sua diversificação. 

    Ottoniel Santos, Administrador da CMC, responsável pelo pelouro da Promoção do Mercado, elencou, as principais conclusões dos temas abordados durante o evento, dentre as quais destacam-se as seguintes:

    • É necessário que a CMC continue a preparar-se para assegurar que estejam criadas todas as condições para que a supervisão do futuro mercado de acções seja eficaz.
    •  É necessário garantir que as medidas sob alçada da CMC, que constam do Plano Intercalar do Executivo, sejam concluídas dentro dos prazos definidos.
    • Deverão ser criadas ferramentas para medir o grau de crescimento e desenvolvimento efectivo do mercado de valores mobiliários em Angola;
    • Deverão ser criados mecanismos para dinamizar o surgimento de corretoras e distribuidoras.
    • Deverão ser desenvolvidas soluções para potenciar as oportunidades oferecidas ao mercado de valores mobiliários pelo actual regime cambial e minimizar os eventuais constrangimentos associados ao referido regime.

    Paralelamente aos temas relacionados com o mercado, houve também uma reflexão conjunta sobre as políticas de capital humano da CMC.

    No discurso de encerramento, o presidente da CMC, Mário Gavião, salientou a importância dos recursos humanos, dando nota do comprometimento do Conselho de Administração em garantir que todos os funcionários tenham condições para cumprir cabalmente as suas funções e atingir o seu potencial.

    CA_reduzida.jpg 

    Foto de Família_reduzida.jpg